Aí, eu no meu trabalho, atendo a moça do Banco do Logotipo da Casinha, e ela:

– Você fez um teatro por aí,não é?
– Faço, faço um trabalho voluntário.
– Ah! O meu banco ajudou uma instituição no Natal, eu acho que você foi a Cinderela….
– Fui, fui eu sim.
– Menina, a minha filha só fala em ti. “Mamãe, a cinderela gosta de salgadinho” “mamãe, a cinderela lava roupa com VANISH!” “mamãe, a cinderela calça 39 que nem a senhora!”
– ….puxa, ela lembra das piadas que eu fiz durante a peça?
– Não tô dizendo? Cinco aninhos, e ela não esquece! Principalmente o vanish, que a vó dela usa. Ela adora ficar repetindo, “a Cinderela lava roupa com Vanish!”

Essa peça, a gente fez no Natal de 2008. Bicho, a menina tinha TRÊS ANOS, e ainda repete as minhas piadas de cena. Fiquei toda mole por dentro.

A piada do vanish foi assim: a Cinderela fez uma roupa pra usar no baile, e as irmãs invejosas rasgam tudo. Como o figurino era todo “recortado” com pedaços de velcro, era horroroso, tosco. E nunca tinha sido lavado e passado, após umas oito apresentações. Estava com uma NÓDOA de algo marrom que eu tento acreditar que fosse café. Depois da roupa toda rasgada, as irmãs e a madrasta saem rindo, e eu: “Talvez ainda dê pra consertar! Eu tenho um rolo de fita crepe…e se eu lavar com Vanish, talvez…” As crianças adoravam. E, aparentemente, não esquecem!

P.S.: O Vanish não patrocinou esse post, nem a peça, nem me conhece, etc etc. 😀

Anúncios